Diogo Piçarra - Abrigo

Portuguese

Abrigo

Sei que não tenho
Razões pra que eu consiga
Mostrar-te o que sinto é real
E mesmo que eu te diga
 
Tudo que seja
Verdade ou mentira
Eu nunca te dei valor
E agora dava-te a minha vida
 
Porque nunca te deixo
Nunca me vejo numa vida sem ti
Tudo o que eu vejo, em ti o que eu vejo
É tudo o que eu vejo em mim
Porque nunca te deixo, não te desejo
Menos que tudo em fim
Tu és o meu abrigo
 
E sem ti não consigo
Tu és o meu abrigo
E sem ti não consigo
 
É sempre tão raro que eu seja
Tudo o que tu queres que eu seja
É sempre tão bom quando deixas
Ver-te tal como és, sem merdas
Eu nunca te deixo assim, não
Depois de tudo o que eu já fiz, não
 
Porque nunca te deixo
Nunca me vejo numa vida sem ti
Tudo o que eu vejo, em ti o que eu vejo
É tudo o que eu vejo em mim
Porque nunca te deixo, não te desejo
Menos que tudo em fim
Tu és o meu abrigo
 
E sem ti não consigo
Tu és o meu abrigo
E sem ti não consigo
Tu és o meu abrigo
 
E sem ti não consigo
Prefiro estar sozinho
Que não te ter comigo
 
Sei que não tenho
Razões pra que eu consiga
Mostrar-te o que sinto é real
E mesmo que eu te diga
 
És o meu abrigo
E sem ti não consigo
Tu és o meu abrigo
E sem ti não consigo
 
Não me importa com quem eu estou
Já não estás, mas nada mudou
Não importa com quem eu estou
Agora voltas, tudo voltou
 
Submitted by alfielefrenchnerd on Sun, 01/07/2018 - 07:26
Thanks!

 

Diogo Piçarra: Top 3
Comments