Frances Alina Ascione - Follia indolore (Portuguese translation)

Italian

Follia indolore

Ora
Che il tempo mi appartiene
Cancella le promesse
E le lacrime
In questa sera d'estate
 
Resto
Sospesa in equilibrio
Su un filo sottilissimo
Che mi separa da te
E dalla tua vanità
 
Come un satellite su di me
Oscuri tutte le stelle
Mi ricordi il sale e i tramonti d'Oriente
L'estate che odora di te
Ed io rivivrò
 
Mai
Ti prego, non guardarmi
Mai
Con l'aria compassionevole
Che non sopporto l'idea
Di essere considerata
Una figurante incompresa
 
Come un satellite su di me
Oscuri tutte le stelle
Mi ricordi il sale e i tramonti d'Oriente
L'estate che odora di te
Ed io rivivrò
 
Nella tua astuta incoerenza
E lascerò che sia, sia
Soltanto una parola a farmi compagnia
Tu lascerai una scia
Una follia indolore
 
Piove anche se è sereno
Batte il sole anche se piove
Piove anche se è sereno...
E se non piove, piove
 
Come un satellite sai su di me
Oscuri tutte le stelle
Mi ricordi il sale e i tramonti d'Oriente
L'estate che odora di te
Ed io rivivrò
 
Nella tua astuta incoerenza
E lascerò che sia, sia
Soltanto una parola a farmi compagnia
Tu lascerai una scia
 
Piove anche se è sereno
Batte il sole anche se piove
Piove anche se è sereno
E se non piove...
 
Submitted by Alma Barroca on Wed, 25/10/2017 - 13:40
Align paragraphs
Portuguese translation

Loucura Indolor

Agora
Que o tempo me pertence
Ele apaga as promessas
E as lágrimas
Nesta noite de verão
 
Fico
Suspendida, em equilíbrio
Sobre um fio muito estreito
Que me separa de você
E da sua vaidade
 
Como um satélite sobre mim
Você escurece todas as estrelas
Você me lembra do sal e dos pores do Sol do Oriente
O verão que tem o seu cheiro
E eu viverei de novo
 
Nunca
Te imploro, não me olhe
Nunca
Com um ar apaixonado
Porque não suporto a ideia
De ser considerada
Uma figurante incompreendida
 
Como um satélite sobre mim
Você escurece todas as estrelas
Você me lembra do sal e dos pores do Sol do Oriente
O verão que tem o seu cheiro
E eu viverei de novo
 
Na sua astuta incoerência
E deixarei que seja, que seja
Uma única palavra me acompanhando
Você deixará um rastro
Uma loucura indolor
 
Chove mesmo se está sol
O sol brilha mesmo se chove
Chove mesmo se está sol...
E se não chove, chove
 
Você sabe, como um satélite sobre mim
Você escurece todas as estrelas
Você me lembra do sal e dos pores do Sol do Oriente
O verão que tem o seu cheiro
E eu viverei de novo
 
Na sua astuta incoerência
E deixarei que seja, que seja
Uma única palavra me acompanhando
Você deixará um rastro
 
Chove mesmo se está sol
O sol brilha mesmo se chove
Chove mesmo se está sol
E se não chove, chove...
 
Translation done by Alma Barroca. In case you want to reprint it, please ask for permission first and always cite my name as its author. /
Tradução feita por Alma Barroca. Caso você queira reutilizá-la, por favor peça por permissão antes e sempre cite meu nome como o do autor.
Submitted by Alma Barroca on Thu, 01/02/2018 - 21:30
More translations of "Follia indolore"
PortugueseAlma Barroca
Frances Alina Ascione: Top 1
See also
Comments