Lumière (Nuur) (Portuguese translation)

Advertisements
French

Lumière (Nuur)

J’ai vécu pour un seul homme
Sans toi, je ne suis personne
Tu es Dieu, tu es mon maître
Je ne peux que me soumettre, oh, oui.
 
Moi le tableau, toi le peintre.
Toi la force, moi la crainte.
Tu es là pour que je vive,
Pour que je t’aime et te suive, oh, oui.
 
Dans le plaisir et l’orage,
Parfois le bateau naufrage.
Je veux bien être une esclave,
Mais je veux qu’on me dise merci !
 
Je suis comme à la première danse,
Je crois plus fort encore à ma chance.
Je suis comme au jour où je t’ai donné
Ma jeunesse, ma liberté.
Oui, je suis restée la même femme.
Tu as mon corps mais je garde mon âme.
Et méfie-toi de ce que je réclame,
Et ne tombons plus jamais.
 
Même si c’est un peu triste,
C’est par toi seul que j’existe.
Mais s’il faut que je reste digne,
Si les autres se résignent, pas moi, non.
 
Et ma robe est encore blanche
Et je rêve d’une revanche.
Ça t’étonne, je suis franche
Mais tu restes le plus grand maître pour moi !
 
Je suis comme à la première danse,
Je crois plus fort encore à ma chance.
Je suis comme au jour où je t’ai donné
Ma jeunesse, ma liberté.
Oui, je suis restée la même femme.
Tu as mon corps mais je garde mon âme.
Et méfie-toi de ce que je réclame,
Et ne tombons plus jamais.
 
Submitted by Ainoa on Mon, 28/12/2015 - 16:11
Last edited by Ainoa on Sun, 17/07/2016 - 01:27
Align paragraphs
Portuguese translation

Luz

Eu vivi por um único homem
Sem você, eu não sou ninguém
Você é deus, você é meu mestre
Eu só posso me entregar, ah, sim
 
Eu sou o quadro, você é o pintor
Você é a força, eu sou o medo
Você existe para que eu viva
Para que eu possa te amar e te seguir, ah sim
 
No prazer e na tormenta
Às vezes o barco naufraga
Eu gostaria de ser uma escrava
Mas eu quero que alguém me agradeça!
 
Estou como eu era na primeira dança
Acredito com ainda mais força na minha sorte
Estou como no dia em que eu te dei
A minha juventude, a minha liberdade
Sim, eu continuo sendo a mesma mulher
Você tem o meu corpo mas eu protejo minha alma
E tenha cuidado com os meus pedidos
E não cairemos mais
 
Mesmo se for um pouco triste
É só por você que eu existo
Mesmo se eu tiver que continuar digna
Se os outros cedem, eu não, nunca
 
E o meu vestido ainda é branco
E sonho com uma revanche
Isso te choca, eu sou franca
Mas você continua sendo um grande mestre para mim!
 
Estou como eu era na primeira dança
Acredito com ainda mais força na minha sorte
Estou como no dia em que eu te dei
A minha juventude, a minha liberdade
Sim, eu continuo sendo a mesma mulher
Você tem o meu corpo mas eu protejo minha alma
E tenha cuidado com os meus pedidos
E não cairemos mais
 
Translation done by Alma Barroca. In case you want to reprint it, please ask for permission first and always cite my name as its author. /
Tradução feita por Alma Barroca. Caso você queira reutilizá-la, por favor peça por permissão antes e sempre cite meu nome como o do autor.
Submitted by Alma Barroca on Sun, 22/04/2018 - 22:41
5
Your rating: None Average: 5 (1 vote)
Comments
Josemar    Sun, 22/04/2018 - 22:50
5

Excellent :)

Só um detalhe, na penúltima estrofe:

Que te choque, eu sou franca > Isso te choca

Alma Barroca    Mon, 23/04/2018 - 00:11

Muito obrigado, querido!

Esse voto me faz ficar muito feliz - Esta foi a primeira tradução do Francês que não fiz consultando outra, como faço em línguas que eu não domino. Usei um dicionário daqueles antigões e grossões e o Wiktionary para ajudar com as flexões verbais. Usarei como motivação para continuar contribuindo do FR->PT. Regular smile

Quanto ao 'te choque', foi corrigido.

Um abraço e bom descanso!